5 Cuidados Indispensáveis com a Saúde que Devemos Ter

inverno está chegando e é preciso tomar alguns cuidados simples para evitar as doenças típicas do período.
Confira 5 dicas fáceis e rápidas que você pode adotar em sua rotina hoje mesmo. Esses cuidados com a sua saúde no inverno vão fazer você curtir essa temporada fria com muito mais saúde!

1. No inverno, evite banhos com água muito quente

Ok, isso pode ser um pouco difícil de seguir, afinal, quem não gosta de tomar banhos mais quentes e demorados no frio?
O problema é que a alta temperatura da água pode danificar os cabelos e até contribuir para a queda dos fios. O calor retira o óleo do couro cabeludo e isso gera um efeito rebote. Ou seja, o couro cabeludo passa a produzir ainda mais óleo, pois o corpo “entende” que é necessário repor a gordura que foi retirada. Esse processo pode causar irritações, coceira e seborreia.
Além do cabelo, a pele do corpo também pode ser afetada pela água quente. A pele resseca e começa a descamar. Por isso, é essencial hidratar rosto e corpo assim que sair do chuveiro.

2. Beba muito líquido

Beber água vai ajudar a hidratar a sua pele de dentro para fora, além de hidratar as vias respiratórias. No frio, a tendência é esquecermos de ingerir líquidos na quantidade certa, pois sentimos menos sede.
As pessoas com problemas renais devem tomar cuidado redobrado com essa questão, para que não desenvolvam pedras nos rins. A hidratação também evita a infecção urinária, doença com sintomas bem desconfortáveis.
O ar seco pode agravar quadros de doenças respiratórias. Além da hidratação, é importante manter a casa com a umidade em níveis adequados. Os umidificadores são excelentes investimentos no inverno – sim! Caso você não tenha um, espalhe toalhas molhadas pela casa.

3. Abra a janela e deixe o ar circular

No Brasil, são poucos os lares que têm aquecedores elétricos e a maioria das construções não possui isolamento térmico. Com isso, fechamos a casa toda para nos aquecer. E esse é um hábito ruim.
falta de ventilação deixa o ambiente propício ao aumento de vírus, ácaros, fungos e mofo. Em locais pouco arejados, a incidência de gripe é maior, além de agravar casos de rinite alérgica.
É importante também lavar roupas e cobertores que ficaram muito tempo guardados. A troca de roupas de cama deve ser feita pelo menos 1 vez por semana.

4. Atenção a higiene das mãos

Um simples hábito pode evitar doenças típicas do inverno. Lave sempre suas mãos, principalmente depois de ter entrado em contato com muitas pessoas. Você também pode levar um álcool em gel na bolsa e usar sempre que lembrar dele. Uma boa dica é comprar o álcool em gel com hidratante, para que a pele não resseque ainda mais.
O vírus da gripe consegue se manter vivo no ambiente durante 72 horas. Maçanetas, torneiras e outros objetos de uso comum normalmente são áreas contaminadas. Após usá-los, evite levar as mãos ao rosto, principalmente à boca e ao nariz. Fique atento também aos cuidados com crianças e idosos. A gripe pode ser precursora de doenças mais sérias, como a pneumonia!

5. Tente manter a pressão sanguínea em níveis normais

Um risco que pode passar despercebido no inverno é o aumento da pressão sanguínea. Para o corpo ficar aquecido, o organismo comprime os vasos sanguíneos e o sangue corre lentamente, o que acaba aumentando a pressão.
Os casos de infarto e AVC no inverno aumentam em 30%. Manter o corpo quente, com agasalhos resistentes ao frio, é essencial na manutenção dos níveis normais de pressão. Além disso, é bom evitar o excesso de sal. Alimentos com potássio ajudam a dilatar as veias, então, é bom incluí-los no cardápio 😉
Se você tem pressão alta, consulte o seu médico para saber quais são as recomendações específicas durante o inverno.
Ainda não tomou os cuidados listados acima, e a garganta seca e a tosse já pegaram? você então sigam essas dicas.
Referências: AbravataG1SBH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *